O Agrupamento > Serviço de Psicologia e Orientação


1. Funcionamento do SPO

O Serviço dispõe de uma Psicóloga Escolar – Carla Fonseca.

Desenvolve o seu trabalho com base em atribuições e competências legais, adaptadas ao contexto escolar específico, segundo um levantamento de necessidades e de acordo com uma planificação que integra o Plano Anual de Atividades do Agrupamento.


1.1 Localização

Este serviço dispõe de um gabinete de atendimento, localizado no 1º andar, zona B.


1.2 Quem pode aceder a este serviço, e como?

  • Alunos do agrupamento;
  • Pais/Encarregados de Educação;
  • Diretores de Turma /Professores e pessoal não docente;
  • Outros profissionais que trabalhem em articulação com a escola.
  • Todos os interessados devem preferencialmente efectuar marcação prévia, dirigindo-se para esse efeito às instalações do Serviço de Psicologia, pessoalmente, através do telefone da escola 253300290 ou do Email - spo@aereal.edu.pt

O Pedido de Consulta Psicológica Individual pode ser feito pelo aluno, mediante contacto direto com a psicóloga, pelo Conselho de Turma, através do Diretor de Turma (2º e 3ºciclo), Professor Titular de Turma (1º ciclo), e Educadoras (Ensino pré-escolar). Poderá igualmente ser formulado pelos Pais/Encarregado de Educação.

Os pedidos devem fazer-se através do preenchimento de um formulário (modelo 2.38) anexando todos os documentos que contribuam para a clarificação da situação do aluno.


2. O que é o SPO

O Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) é uma estruturaespecializada de apoio e de orientação educativa, com autonomia técnica e dever de confidencialidade.


3. Domínios de Intervenção

O Serviço de Psicologia e Orientação em articulação com as restantes estruturas de orientação educativa visa promover a existência de condições que assegurem a plena integração escolar dos alunos, contribuindo para um adequado desenvolvimento integral da sua personalidade.

No contexto das atribuições genéricas definidas pelo Decreto-Lei 300/97 de 31 de Outubro o Serviço de Psicologia e Orientaçãodo agrupamento desenvolve a sua atuação a três níveis:


3.1 Desenvolvimento de Ações de Orientação Escolar e Profissional

As ações desenvolvidas pelo SPO no âmbito da Orientação Escolar e Profissional têm como objetivo apoiar os alunos na construção do seu projeto de vida e nas escolhas nele envolvidas, promovendo o autoconhecimento ao nível das características pessoais, valores, interesses e capacidades e a informação sobre os diferentes percursos formativos, bem como os vários referenciais de emprego e profissões. As atividades desenvolvidas destinam-se prioritariamente aos alunos de 9ºano, no entanto, são também acompanhados todos os alunos que, independentemente do ano que frequentam, necessitam de apoio relativo às suas escolhas vocacionais.


3.1.1 Atividades desenvolvidas

  • Desenvolvimento/aplicação de programas de desenvolvimento e orientação vocacional em pequeno grupo dirigidos a alunos do 9ºano de escolaridade;
  • Sessões de (in) formação acerca da oferta educativa/formativa pós 9ºano;
  • Desenvolver sessões de informação e sensibilização para pais e encarregados de educação, no que respeita à problemática de (in) decisão relativa à escolha das opções escolares e/ou profissionais;
  • Apoio às matrículas no ingresso ao Ensino Secundário.


3.2 Apoio Psicológico e Psicopedagógico

O SPO procura promover o sucesso escolar identificando dificuldades e necessidades que estão na base de problemas de aprendizagem, explorando estilos de aprendizagem, promovendo o desenvolvimento de competências para o estudo e fomentando o treino para o trabalho autónomo e a motivação para o estudo. Desenvolve igualmente intervenções dirigidas a alunos com dificuldades de relacionamento interpessoal/emocional e problemas de comportamento.

São acompanhados alunos com necessidades educativas especiais, ao abrigo do Decreto-Lei nº3/2008 de 7 de Janeiro, em colaboração com outros serviços competentes, designadamente os de educação especial, sendo definidas estratégias educativas e apoios especializados adequados.

Problemáticas que por norma são encaminhadas para o SPO:

  • Dificuldades de realização escolar (dentro desta problemática podemos equacionar várias situações, nomeadamente, dificuldades de leitura, escrita, matemática e outras dificuldades especificas; falta de motivação; quebra no rendimento escolar; Insucesso/desinvestimento escolar; outros problemas de aprendizagem);
  • Problemas de comportamento (as situações mais comuns relacionam-se com comportamentos de Hiperatividade, os alunos não conseguem estar quietos e estar atentos; situações de alunos que apresentam comportamentos disruptivos, de oposição e de desafio perante a autoridade; agressividade, violência e envolvimento em lutas físicas com os pares; comportamento de indisciplina na sala de aula);
  • Problemas emocionais – nesta categoria por norma os pedidos relacionam-se com ansiedade, nervosismo, preocupação, baixa autoestima, baixa autoconfiança; sintomatologia depressiva, luto, divórcio, conflitos conjugais; alunos integrados em famílias de acolhimento ou instituições; introversão; enurese encoprese, etc …


3.2.1 Atividades desenvolvidas

  • Consulta Psicológica individual junto de alunos identificados com problemas, ou dificuldades, no domínio cognitivo, sócio afetivo, comportamental, familiar entre outras;
  • Participação na elegibilidade dos alunos para a educação especial;apoio no planeamento, implementação e avaliaçãode medidas educativas e atividades que visam a inclusão de alunos com NEE;
  • Consulta Psicológica em grupo dirigida a grupos de alunos identificados como de risco, com o objetivo de prevenir a ocorrência de problemas/desenvolvimento de programas de caráter preventivo/promocional.
  • Trabalho de articulação com docentes e encarregados de educação de modo a analisar os problemas dos alunos e definir estratégias de atuação conjuntas e concertadas.


3.3 Apoio ao Desenvolvimento do Sistema de Relações da Comunidade Educativa

A intervenção do psicólogo em contexto escolarimplica necessariamente um trabalho em equipa, através de estratégias articuladas com os vários intervenientes da Comunidade Educativa, nomeadamente, Órgãos de Gestão, com os Docentes de Apoio Educativo e com os demais profissionais de educação da escola, bem como outras entidades e serviços da comunidade envolvente.


3.3.1 Atividades desenvolvidas

  • Aconselhamento/Consultoria à Comunidade Educativa, junto dos pais /Encarregados de Educação; Professores, Conselhos de turma, Associações de Pais e alunos …
  • Parcerias /Colaboração com outros Serviços da Comunidade, nomeadamente articulação com: escolas secundárias e profissionais da área envolvente; Comissão de Protecção de Crianças e Jovens; Instituto de Emprego e Formação Profissional; Segurança Social; Centros de Saúde e outros, com vista a uma intervenção coordenada de vários serviços na resolução cooperativa de problemas e encaminhamento de alunos cujas problemáticas ultrapassem o âmbito de intervenção deste Serviço.
  • Colaboração com projectos em desenvolvimento na comunidade educativa, nomeadamente na área da saúde e do combate ao abandono escolar, absentismo escolar e outros aspectos que comprometam a não conclusão da escolaridade obrigatória.