Plano nimus: > nimus: ecopapel









EnquadramenTO     
O Eco-Escolas é um programa internacional de educação ambiental, promotor da sustentabilidade e da cidadania implementado em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) - Organização Não Governamental de Ambiente, sem fins lucrativos, dedicada à Educação para o Desenvolvimento Sustentável e à gestão e reconhecimento de boas práticas ambientais. A ABAE faz parte da Fundação para a Educação Ambiental (FEE) que integra entidades internacionais que, em conjunto, promovem o desenvolvimento sustentável.
A metodologia usada visa a tomada de consciência de todos para a importância da preservação do meio ambiente, particularmente dos mais novos, envolvendo-os ativamente e contribuindo para a sustentabilidade através da adoção de práticas quotidianas adequadas e estilos de vida mais saudáveis.

No Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas de Real figuram os objetivos claros de educar para a sustentabilidade e para a cidadania, o que pressupõe o envolvimento da comunidade educativa e instituições locais, para que através de várias estratégias e atividades, se promova o bem-estar geral.

Assim, nasce o plano nimus: ecopapel, para que dentro do Agrupamento de Escolas de Real sejam criadas condições para a implementação de rotinas que levem à recolha e reciclagem do papel.





ENtidades envolvidAS    
Este protocolo designado “nimus: ecopapel” é celebrado entre o Agrupamento de Escolas de Real, sito na Avenida S. Frutuoso, na freguesia de Real, com o código postal 4700-291 Braga, com o telefone 253 300 291 e o endereço de correio electrónico secretaria@aereal.edu.pt, a seguir designado por primeiro outorgante, o Programa de Eco-Escolas do  Agrupamento de Escolas de Real, nas pessoas das coordenadoras do programa professoras Ana Cristina Ferreira Barros Simões e Teresa Maria Santana Peixeiro Duarte Fonseca, a seguir designadas por segundo outorgante e a Reciusar, Lda, com sede na Rua da Quinta do Feital, nºs 39 a 41, com o código postal 4700-110 Braga, com o telefone 253693106 e o endereço de correio electrónico geral@reciusar.pt, a seguir designado por terceiro outorgante.




Interesses particulares    
O primeiro e segundo outorgantes assinam este protocolo apresentando como interesse particular educar para a recolha seletiva de resíduos envolvendo toda a comunidade educativa, instituir no Agrupamento de Escolas de Real rotinas apropriadas de recolha de resíduos, em particular de papel e cartão, bem como diminuir o volume de papel descartado para o lixo comum, fomentando a sua reutilização e posterior recolha para reciclagem.
O terceiro outorgante assina este protocolo apresentando como interesse particular a recolha de papel para posterior valorização.





Objetivo ou objetivos a atingir    

  1. Colocação, em todas as salas da EB 2,3 de Real, de dispositivos para recolha de papel.
  2. Colocação no logradouro da EB 2,3 de Real de um contentor, para armazenamento quotidiano do papel e posterior recolha.
  3. Recolha de 5 toneladas de papel até ao término do plano, como objetivo-alvo.




Implementação do plano
                         
O período de implementação deste plano inicia-se nesta data e cessará a 31 de agosto de 2017 e será implementado da seguinte forma:

  • Compete ao terceiro outorgante a colocação de dispositivos de recolha de papel em todas as salas de escola sede do Agrupamento, bem como a recolha atempada do papel armazenado, enviando para o primeiro outorgante um mapa trimestral com as datas e quantidades de resíduos recolhidos.
  • Compete aos primeiro e segundo outorgantes intervir pedagogicamente de forma a fomentar a criação de rotinas apropriadas de recolha de resíduos, junto de professores, alunos e assistentes, bem como manter em bom estado os equipamentos colocados na sala de aula e logradouro exterior.
  • A partir da terceira tonelada de papel recolhido, no Agrupamento de Escolas, o terceiro outorgante comparticipará nas atividades do Programa Eco-Escolas num montante equivalente a quarenta e cinco euros por tonelada de papel recolhido.
  • Compete ao primeiro outorgante permitir o acesso ao contentor de armazenamento quotidiano e informar o terceiro outorgante sempre que a quantidade de papel reunida justifique a sua recolha.



Acordo de princípios    
As ações que vierem a ser realizadas na sequência deste protocolo são implementadas numa ótica de confiança mútua e, sempre que possível, num espírito de reciprocidade.
Quaisquer dúvidas de interpretação e lacunas do presente protocolo serão dirimidas por acordo entre ambas as partes.