Projetos > FrancoPátriaLusa 2015/2016


1. Sumário
Num Agrupamento onde prima o lema do trabalho de excelência, será quase categórico um projeto original, apelativo, cativante que espelhe o rigor científico, pedagógico e cultural dos que nele são envolvidos: a comunidade educativa.
As suas atividades assentam num conceito de aplicabilidade prática onde o aluno/cidadão contacta com realidades culturais/pedagógicas/socias, fora da sala de aula, numa relação com o património bracarense. Este processo irá complementar a sua aprendizagem, levando-o a pensar conceitos já adquiridos e a articular ideias interdisciplinares, assentes nos valores de uma cidadania inclusiva.
Insere-se no tema globalizante do Agrupamento: “A Minha Pátria é a Língua Portuguesa” e cumpre as prioridades estabelecidas no Projeto Educativo do Agrupamento, pois inserem-se no Plano Anual de Atividades do mesmo.

Assim, no corrente ano letivo o Projeto FrancoPátriaLusa desenvolver-se-á da seguinte forma:
1- Reformulação e adequação ao Projeto Educativo do Agrupamento;
2- Atualização com base nas necessidades/interesses da comunidade educativa vindos dos Conselho Geral, Conselho Pedagógico, Departamento de Línguas, outros Departamentos e Conselhos de Ano;
3- Planificação das atividades que dele farão parte ao longo de todo o ano letivo;
4- Elaboração de relatórios das respetivas atividades após concretizadas;
5- Contactos com parceiros e reuniões.


2. Objetivos
Os principais objetivos são:
- Estimular a motivação e a inovação;
- Melhorar o sucesso educativo dos alunos proporcionando-lhes uma formação de valores e de proatividade em função dos desafios da sociedade atual, tendo em vista um mercado de trabalho competitivo;
- Desenvolver a criatividade;
- Dignificar as línguas portuguesa e francesa;
- Dar a conhecer e respeitar o património bracarense;
- Desenvolver e aplicar valores culturais e de cidadania;
- Envolver os pais/encarregados de educação no processo educativo;
- Formar professores mais entusiastas, mais dinâmicos e cooperantes no processo de ensino/aprendizagem através de partilha de projetos, atividades e ferramentas utilizadas no Agrupamento e noutras instituições de ensino nacionais e estrangeiras, com rigor científico, cultural e pedagógico.


3. Parceiros
Este projeto articula com o Departamento de Línguas do Agrupamento, a Câmara Municipal de Braga, a Aliança Francesa de Braga/Guimarães, a Associação Portuguesa de Estudos Franceses (APEF); a Faculdade de Letras da Universidade Porto; a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva; a Associação Comercial de Braga; o Parque de Exposições de Braga – InvestBraga; o Theatro Circo; o Turismo de Braga em representação dos vários museus e espaços patrimoniais.
Este projeto articula ainda com o Projeto Linhas + Fragmentos e o projeto interdisciplinar de revitalização do centro histórico e do património arquitetónico e urbanístico [con]centrºação.


4. Plano de ação
4.1. Festa do Cinema Francês.
No âmbito deste Projeto, os alunos da disciplina de Francês visualizarão o filme “La Famille Bélier”, no dia 23 de novembro, no InvestBraga (PEB) que integra o programa da 16ª Festa do Cinema Francês promovida pela Embaixada Francesa, pelo Instituto Francês e pela Aliança Francesa. Dada a qualidade do evento, outras escolas aliaram-se a esta iniciativa. Esta atividade conta com o apoio da Camara Municipal de Braga.

4.1.1. Objetivos
Os objetivos são:
-Articular o tema aglutinador do Agrupamento “A minha pátria é a língua portuguesa” com algumas das metas estabelecidas para os 7º, 8º e 9º anos da disciplina de Francês;
- Dignificar a língua e a cultura portuguesas;
- Proporcionar momentos de motivação e organização ao estudo e ao empenho;
-Enriquecer a língua, a cultura e a civilização francesas;
- Enriquecer o léxico;
- Fomentar o gosto pelo estudo da gramática;
- Valorizar a língua como meio de comunicação em comunidade portuguesa e francesa;
- Desenvolver capacidades de pesquisa e hábitos de estudo e de trabalho;
- Aplicar conceitos adquiridos em contexto de sala de aula;
- Fomentar a socialização, o respeito pelos espaços culturais e de espetáculo.

4.1.2. Articulação
Esta atividade articula com o Agrupamento de Escolas do Freixo, a Escola Secundária Carlos Amarante, a Escola Básica 2/3 de Gualtar,a Escola Dr. Francisco Sanches e o Externato Infante D. Henrique com alunos oriundos dos 1º, 2º e 3º ciclos, incluindo os alunos de Necessidades Educativas Especiais.

4.1.3. Efeito
Este evento do Agrupamento, já realizado no ano letivo 2014/2015, oficializou a 16ª Festa do Cinema francês em Braga. Esta atividade impulsionou o Consulado Francês, o Instituto Francês e a Aliança Francesa que escolheram o Theatro Circo como palco da 16ª Festa do Cinema Francês. Este ano, um ciclo de cinema que decorrerá durante os meses de outubro e novembro oferecendo ao púbico em geral e às escolas “uma ocasião para melhor conhecer a riqueza da cinematografia francesa” (ver Agenda Cultural Theatro Circo). Uma vez que o número de alunos excedeu largamente a capacidade do espaço do Theatro Circo e na impossibilidade de repor a sessão, optou-se pelo espaço do auditório do PEB.


4.2. O ator Réné Rivière visita AEReal
Uma conversa pedagógica muita animada. Boa disposição numa aula invulgar.

4.2.1. Objetivos
- Desenvolver capacidades linguísticas no domínio da oralidade;
- Contactar diretamente com ator, encenador diretor artístico, encenador e formador francês;
- Criar hábitos de socialização.

4.2.2. Articulação
Esta atividade articula com a Texto Editora, no âmbito do manual de Francês adotado “À toi”.


4.3. Semana da Francofonia/Semana da Leitura
São envolvidos todos os alunos que estudam a língua francesa da Escola sede do Agrupamento. Esta atividade articula com a Semana da Leitura do agrupamento e com a Semana Internacional da Francofonia. Assim, a cidade de Braga passou a marcar presença no mapa da Festa da Francofonia. Um Peddy Paper cultural pela cidade de Braga, em lugares pedonais e de referência relacionados com a cultura, civilização e língua portuguesas e francesas. Os alunos mantêm um contacto direto com locais/espaços importantes da nossa cidade. Fazem a leitura do questionário nos pontos definidos e escrevem informações dadas no respetivo guião.

4.3.1. Trajeto
Encontro e levantamento dos respetivos guiões na Aliança Francesa. Seguirão Centésima Página, Casa do Professor, Turismo, Museu Nogueira da Silva, Sephora, Theatro Circo, Fonte do Ídolo, Palácio do Raio, Cinema S. Geraldo, Casa dos Crivos, Largo do Paço, Biblioteca Pública, Edifício da Câmara Municipal e Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.

4.3.2. Objetivos
- Motivar os alunos para a leitura;
- Enriquecer o seu leque vocabular;
- Criar hábitos de pesquisa;
- Incentivar o gosto e respeito pelo património;
- Explorar o domínio da leitura e da interpretação, oralidade e escrita das línguas portuguesa e francesa;
- Aplicar conhecimentos apreendidos na sala de aula em espaços diversificados para a promoção da inclusão dos alunos;
- Alargar e enriquecer a sua cultura geral;
- Saber ser e saber estar em espaços públicos exteriores e interiores, promovendo a cidadania;
- Saber comportar-se na via pública e fomentar o convívio entre colegas, professores e bracarenses transeuntes.

4.3.3. Articulação
Alia-se a esta iniciativa a Aliança Francesa de Braga, Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva e Câmara Municipal de Braga (vereação da educação e da cultura, Dr.ª Lídia Dias e Dr. Rui Ferreira).Aliança Francesa de Braga/Guimarães, a Associação Portuguesa de Estudos Franceses (APEF); a Faculdade de Letras da Universidade Porto; a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva; a Associação Comercial de Braga; o Parque de Exposições de Braga – InvestBraga; o Theatro Circo; o Turismo de Braga em representação dos vários museus e espaços patrimoniais.

4.3.4. Efeito
Com esta iniciativa o Agrupamento de Escolas de Real passou a pertencer ao Plano Anual Nacional e à Semana Internacional da Francofonia cujas instituições organizadoras são: Embaixada e Consulado Francês, Instituto Francês, Aliança Francesa. A Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, na pessoa de Dr.ª Aida Alves, abraça esta iniciativa com uma cerimónia de entrega de prémios e de encerramento. Os momentos de leitura são proporcionados pela Dr.ª Ivone Soares. A equipa da Aliança Francesa, reforçada pelo seu diretor, foi uma aliada nesta iniciativa. Os prémios são patrocinados pela Aliança Francesa de Braga/Guimarães e pela Porto Editora.
Termina com um convívio pedagógico com degustação de crepes, cuja confeção é feita na hora pela equipa da Aliança Francesa de Braga.


4.4. Encontro Nacional de Professores de Francês
Para concluir o ano letivo de 2015/2016, no que diz respeito ao cumprimento estabelecido no programa de ação do Projeto FrancoPátriaLusa, no íten: avaliação, foi proporcionado um curso de formação de vinte e cinco horas, acreditado de uma unidade de crédito pelo Conselho Científico de Formação Contínua. O programa consta de um grupo de formadores especialistas, capazes de dar resposta aos objetivos tão específicos deste curso. Este Encontro conta com formações teóricas da parte da manhã e workshops da parte da tarde. A componente cultural não fica esquecida tendo como fio condutor o tema aglutinador do nosso Agrupamento: “A Minha Pátria é a Língua Portuguesa” e respeita, na íntegra, o nome dado a este projeto. Como nada aconteceu por acaso, a componente cultural realizada na cidade de Braga, as culturas e línguas francesa e portuguesa andaram sempre de mãos dadas.

4.4.1. Objetivos
- Promover e divulgar as línguas portuguesa e francesa no espírito de partilha e de rigor científico e pedagógico;
- Criar um espaço bilateral de partilha científica (formando/formador);
- Transmitir novos conceitos e práticas pedagógicos inovadores, cativantes e atrativos;
- Promover novas técnicas de motivação e aprendizagem para aplicar em contexto sala de aula;
- Divulgar e promover o património bracarense, adaptado e inserido ao contexto da formação;
- Criar uma articulação entre a partilha científica e uma programação cultural projetada para o ensino das línguas francesa e portuguesa;
- Criar um espaço dialógico de formação num ambiente de integração social, proporcionando uma programação cultural articulada com a componente científica.

4.4.2. Articulação
Articula com todas as entidades mencionadas como parceiras deste projeto. Acrescentar-se-ão novas parcerias que vão surgindo.

4.4.3. Efeito
Esta formação contínua de professores contribui para a partilha de práticas pedagógicas e ferramentas cuja preocupação é de traçar o perfil do professor reflexivo, a quem cabe um papel importante: formar cidadãos livres responsáveis, capazes de desenvolver com brio e profissionalismo tarefas do quotidiano num mundo competitivo. A partilha entre formando e formadores é muito salutar.
Este Curso de formação é um contributo ativo para a evolução das práticas letivas aplicadas nas salas de aula da disciplina de Francês, em Portugal. Os formandos entendem-no como uma forma de adquirir novas competências e novas metodologias que na prática se afirmam por uma maior inovação refletida na motivação e rendimento escolar dos seus discentes. Dado o seu programa complexo e diversificado, e o rico elenco de formadores, este curso transmite dinamismo, criatividade, entusiasmo e novas competências quer cientificas quer culturais ao grupo de formandos a que se destina.