Eco-Escolas > AgroBio


O tema “sustentabilidade” está na ordem do dia! De facto, é tão importante fazer uma alimentação saudável, como garantir que os produtos que comemos provêm de uma agricultura sustentável. A sustentabilidade da nossa alimentação prende-se com a preservação dos solos, da água e do ambiente em geral. É nos solos que crescem os alimentos base da nossa alimentação. A espécie humana é inegavelmente dependente da agricultura, sendo por isso, importante incutir nos nossos jovens o respeito pela natureza e pelos ritmos naturais que permitem a nossa própria sustentabilidade e a garantia de qualidade do que comemos. Neste sentido, na nossa horta, aplicam-se apenas, os princípios da agricultura biológica, isentando as culturas de fertilizantes e pesticidas químicos, obtendo assim, produtos de elevada qualidade.

Na EB 2,3 de Real, no ano letivo 2014/2015, os alunos do segundo ano do curso vocacional de Hortofluricultura, desenvolveram o seu trabalho no espaço já existente em que se insere uma estufa, até então, aproveitada apenas pelos alunos com NEE. O espaço evoluiu para uma horta biológica que participou no concurso Hortas Bio, da AgroBio. Construiu-se um compostor, semearam-se, plantaram-se e colheram-se inúmeras culturas como várias couves, pepinos, ervilhas, salsa e coentros, pimentos, alfaces, entre outras. No ano letivo 2015/2016, o mesmo espaço continuou a sua evolução, nas mãos dos alunos do primeiro ano do novo curso vocacional. Este ano, mais composto biológico, foi utilizado. Recebemos um novo compostor cedido pela Câmara Municipal de Braga; introduziram-se algumas inovações, como consociações de plantas que permitem um aproveitamento mais eficaz dos nutrientes do solo e o controlo de pragas, de forma sustentável. Outras novidades se prevêm para o novo ano letivo, nomeadamente, a melhoria do sistema de rega e o investimento em plantas com flores comestíveis.

No Jardim de Infância de Frossos, também se trabalharam os mesmos princípios de Agricultura Biológica. Alunos, encarregados de educação, assistentes operacionais e educadoras trabalharam numa horta que se concretizou num espaço de muita diversão e aprendizagem. É ainda de salientar o facto de a horta biológica do Jardim de Infância de Frossos ter sido premiada com o segundo prémio do concurso “Escola Mais Verde” da Câmara Municipal de Braga 2016